O jogo vai começar...

Paternidade, o jogo da sua vida. Ação, estratégia e aventura, partidas incríveis e ininterruptas, para os papais gamers que existem dentro de vocês.

PRESSA START
  • Guia do Papai Gamer: criando filhos no video game way

    Guia do Papai Gamer: criando filhos no video game way

  • Guia do Papai Gamer 2 Double++: 101 dicas e macetes

    Guia do Papai Gamer 2 Double++: 101 dicas e macetes

Ação!

Ação!

Paternidade vai exigir treinamento de todos os seus mais ágeis reflexos. Você simplesmente não vai poder (nem querer) parar de jogar. Golpes secretos, combos e magias, vão manter seus olhos atentos, seus ouvidos aguçados e seus narizes (narizes?) condicionados para reagir aos ataques dos adversários como nunca antes em sua vida. Hadouken!
Estratégia!

Estratégia!

Paternidade irá demandar raciocínio para administração de recursos que vão fazer do jogador um perito em resolução de conflitos. Avance sobre inimigos poderosos para dominar territórios, vencer a batalha e ficar com tempo livre para conferir as novidades indies que lotam a sua inbox.
Aventura!

Aventura!

Cenários inóspitos a serem explorados, com surpresas e tesouros. Navegue por águas turbulentas, selvas esquecidas e cidades mitológicas na busca pela fama, pela glória e por uma boa noite de sono. Em Paternidade, a aventura jamais termina.
Um xp diferente....

Um xp diferente....

Paternidade não é sobre dominar um reino ou garantir a paz da galáxia. É sobre dominar a si mesmo e garantir a própria paz. Se você acha que é capaz de encarar o maior desafio da sua vida, papai gamer, vamos te ajudar e vencer. Até porque, de agora em diante, desde a instalação, o jogo já começou!

Instalação concluída!

pg_installcomplete

Com isso, papai gamer, concluímos a instalação e suas características situações e peculiaridades.

\o/

O jogo Paternidade, enfim, está rodando e basta fotografar você com a cara grudada na vidraça, olhando para the mini-gamer no berço com rodinhas da maternidade, que ninguém ousará dizer que você não está gostando da experiência. Mais pano do que carne, the mini-gamer dá um bocejo e abre os olhos, completamente escuros e estrábicos, parecendo olhar dentro de sua alma: e um terror percorre sua espinha: Por Júpiter! E agora?

O jogo começou, prometendo muita ação, estratégia e aventura!

E…

Finalmente em casa!

As primeiras noites na maternidade não foram nada tranquilas, porque todos os espaços hospitalares não são pensados para que os seus hóspedes tenham acompanhamento, e se tiverem, que eles não tenham conforto algum. Parece que isso foi planejado por uma mente maligna de seriado Super Sentai:

- Hahahaha-ha! Lacaio, qual a nossa pior e mais desconfortável cadeira?

- É essa, senhor das trevas!

- Excelente! Envie-a para o quarto 403 para o acompanhante “dormir”, Hahahaha-há!

Dessa forma, o estresse dos dias anteriores irá bater em sua porta, com faturas a serem cobradas na forma de dores nas costas, nos músculos, nas articulações e até nos cabelos do…, prostração, irritação nos olhos, constipação ou piriri, e sobretudo, a incapacidade de relaxar o suficiente para descansar. Esse, segundo muitos pais, é o momento crítico: a primeira semana do gameplay.

É uma alteração muito profunda na sua vida de gamer salvador de reinos e galáxias, só porque agora, no quarto ao lado, tem uma coisa tão absurdamente frágil e minúscula que o papai gamer vai pensar: “ora essa, como os homens das cavernas faziam?”. Invariavelmente, você vai entrar no quarto, de meia em meia hora como um anúncio dos números da Tele Sena, só para checar se ele ainda está respirando ou se já caiu do berço. Ou pior, vai checar se a porta da casa está trancada umas três vezes antes de deitar. E vai levantar e checar uma quarta vez. Para aumentar o seu estado de alerta de #Spider Man de Mega Drive, um chorinho de sonho no meio da madrugada vai fazer você dar um pulo da cama, com direito a rolamento no ar de soldadinho de #Contra, só para cair no meio do quarto como em um filme do Chris Farley: você sonhou que the mini-gamer não estava respirando! A última coisa que você se lembra exigir tanta preocupação, era seu cachorro parceiro, quando jogava #Shadow Dancer, e o bicho saía em disparada para morder os bandidos no aeroporto. Especialmente, o cara das moto-serras. Acalme-se, Joe Musashi sem cachorro… Tão logo the mini-gamer faça parte da rotina da casa, você irá considerar o neném mais parecido com um enfeite de mobília do que com um barrigudinho de aquário que morre por qualquer coisinha. Embora não pareça, the mini-gamer é mais resistente que vocês dois, papai gamer e Player2, juntos.

Troubleshooting: A instalação não termina!

pg_troubleshooting9

O acompanhamento “Medic!” da instalação é total?

O oposto do problema de uma não instalação é uma instalação que parece não terminar. Acalme(m)-se. Pode acontecer de mini-gamer esticar um pouco mais no tempo do cockpit da nave-mãe, o que é normal. Ultrapassar os nove diskettes não vai acontecer, mas é possível que o danadinho alcance, sem problemas, umas 42 semanas, um número bem nerd. Se for o caso, peça ao seu Obstetra uma ordem de despejo. Só não espere que ele já saia falando e andando porque algumas semanas a mais não permitem ainda essa proeza. O que seria bem legal! Já pensou?

- Lá vem, lá vem… Pronto! Aqui está o seu filho!

E the mini-gamer diz, confiante:

- Obrigado, mamãe… Obrigado papai… Parabéns pelo profissionalismo, Doutora… Alguém pode me dizer onde fica a geladeira e onde eu posso carregar meu celular?

Troubleshooting: A instalação está quase terminando mas nada (ainda) foi resolvido!

pg_troubleshooting8

Há organização do casal para o cumprimento de metas? Como assim que metas?

É assim mesmo, sobretudo para papais gamers de primeira água. Há tanta expectativa que todas as decisões parecem cruciais e como tal, ficam muito bem sentadinhas em cima da sua motivação, impedindo coisas aparentemente simples de serem feitas. No segundo e terceiro mini-gamer nascido, piora, pois a experiência positiva do anterior amolecerá ainda mais a organização prévia. Nome de mini-gamer, por exemplo, precisa de um acordo para o quadrinho que fica na porta e para a certidão de nascimento. É importante que seja o mesmo, pois embora não tenha fundamento legal, o nome decidido no ato da execução não pode mudar na mesa do tabelião. É deselegante. E como a identidade sexual cromossomial de mini-gamer já não é surpresa da natividade como antigamente, parem de enrolar e tasquem logo um nome bem legal no neném antes que a pressão obrigue a decisões nada comerciais como misturar o nome dos avós ou homenagear jogador de futebol de time favorito. Se o problema for excesso, coloquem a lista no random.org e agradeçam ao deus do acaso.

A montagem dos móveis e decoração do espaço de mini-gamer também pode dar um boost na apatia paralisante. Mesmo um móbile que sequer será visto pela estreita visão de mini-gamer nos primeiros dias, já conferem ao casal a sensação de que algo está sendo feito. Realizando um pouco todos os dias, sem traumas e xingamentos, as coisas vão ficando prontas para o grande dia. Ou não. Tanto faz, na verdade. The mini-gamer só não pode dormir na cama com o casal por risco de morte por esmagamento ou asfixia. E acredite que isso acontece mais do que se noticia.

Antes de se comportar como aquele urso atrapalhado da Disneylândia de domingo na abertura da temporada de caças, coloque no papel todas as demandas em lista e vá eliminando uma por uma. Pense como quests que destravam outras quests, como no #Fallout 3. Não será preciso cumprir todas para obter sucesso, mas será preciso cumprir as fundamentais.

Troubleshooting: A instalação parece que vai fazer a Player2 explodir!

pg_troubleshooting7

Ela está crescendo ou inchando mais do que o Kirby?

Da lista de reclamações das Player2 em condição interessante, o inchaço ocupa destaque no pódio entre as três principais. As outras duas são o sono excessivo e o fato de você não colaborar em nada, seu vagabundo. As duas primeiras podemos entender como fisiológicas e a última, como psicológica. É assim mesmo, caro papai gamer, e antes de esbravejar em discussão, retire-se do ambiente e assuma uma postura de desenho animado da Walter Lantz meneando a cabeça:

- Siiim, beeem…

Isso também passará.

O sistema circulatório está todo apertado e no funcionamento máximo, o que pode fazer a Player2 lembrar o E. Honda do #Street Fighter II quando sai do banho de toalha e cabelo enrolado. Algumas mulheres são propícias a engordar muito durante a gravidez e outras não, parecendo mais com uma cobra que comeu um fusca. Dependendo de fatores genéticos e circunstanciais, a Player2 pode ganhar muito peso e isso irá mexer, positiva ou negativamente, com sua autoestima. Por mais que as grávidas gozem de franco apoio popular (menos em ônibus, pois como os idosos, emitem uma radiação que provoca torpor imediato em passageiros sentados nas poltronas especiais, uma vergonha), podem começar a se sentir embarangadas pelo crescimento excessivo, o que pode atrapalhar ainda mais o humor do casal. Aconteça o que acontecer, mesmo que a cintura dela esteja tão tridimensional como um ovo de páscoa, com o umbigo para fora tal qual uma bola de trackball, e a linha nigra parecendo a Faixa de Gaza vista do espaço; colabore com elogios. Ela não vai explodir, e tão logo the mini-gamer caia fora, a forma física irá, aos poucos, retornar ao 3d anterior. Nem que seja com dieta e exercícios.

Troubleshooting: A instalação está dopando uma narcoléptica!

pg_troubleshooting6

Ela está (bocejo) dormindo dez horas por dia?

Uma característica partilhada pelas Players2 nos meses de gestação de mini-gamer se dá na forma de uma sonolência de opióide. A Player2 irá, progressiva e sistematicamente, consumir o tempo livre (e o tempo útil) em sonecas e sonecas, ao melhor estilo “Bela Aborrecida”, e em alguns casos, não apresentará a menor condição de se manter desperta mesmo depois do seu beijo. Grávidas devem evitar consumir cafeína, seja de café ou chás, o que vai colocar todo o peso de algumas atividades intelectuais mais decisivas em suas costas. Quer dizer, em sua cabeça. Como ela também não pode fazer esforço físico depois de certo tempo, a nave estará sob o seu total controle, para o bem ou para o mal. Pagar contas, fazer compras, resolver problemas até então deveria ser ações partilhadas pelo casal. Mas agora, papai gamer, você deverá arcar com os compromissos sem se indispor, acusando sua esposa de maconheira. Faça um exercício de imaginação comigo: sábado na casa dos primos, uma bela feijoada, daquelas que dar remorso em vegetariano e vontade de parabenizar o porquinho. Você come uns dois pratinhos kingsize, completos, com couve e laranjinha, mesmo odiando laranjinha. Ninguém mais toca nada, o pandeiro de lado, a viola do outro… ninguém fala nada porque não há força para mover o ar do diafragma. Todos os sistemas do corpo, do circulatório ao límbico, estão tentando processar toda aquela comida como se fosse um algoritmo, e parece que não estão conseguindo e resolveram fazer um congresso. O sono parece um feitiço, pois parte do oxigênio responsável por coisas simples como manter os olhos abertos, foi convocado a metade inferior do seu corpo. A impressão de final de fase do #Taz-Mania, que quando dorme deixa a fauna neozelandesa fugir pela boca aberta, ocupa o seu ser.

Nunca fiquei grávido, mas me disseram que a sensação de torpor é a mesma, três vezes ao dia, pelo menos. E com direito a poesia dadaísta.

- Amor?

- Zzzzzz…

- Amor?

- Zzzzz…

- Você está dormindo?

- Zzzz… Pode beber, depois eu varro… Zzzz…

Não há alternativa ou solução para esse problema. Tudo que pode ser feito é permitir que ela descanse bastante, pois embora seja a mais pura mentira o dito “depois do nascimento vocês não irão dormir mais”, ela precisará descansar o máximo possível antes do nascimento de mini-gamer simplesmente porque é assim que a instalação funciona. Rodando no background.

Sim, mentira. Não tome por verdade tudo que nossos pais, e os pais dos nossos pais, apontam como sendo verdade indubitável, simplesmente porque sim. Não acredite quando disserem que o casal não vai mais dormir depois do nascimento do filho. Vocês vão dormir a noite toda, ou sempre que quiserem, desde que coloquem ordem na bagunça e tomem para si o controle do jogo. Falaremos disso mais adiante, pois o teor deste subcapítulo é lidar com questões da instalação, e não do jogo já rodando. Para isso, temos FAQ e Suporte Técnico. Mas como muito do que ocorrerá depois da instalação é resultado de uma postura definida desde antes, deixo aqui a mensagem ampla do Capitão Planeta nos bons tempos de Xuxa: O PODER É DE VOCÊS! Mantenham isso em mente, que as noites de sono de oito horas serão garantidas pela EULA que não mostrei, mas que existe, acredite.